Bastidores de um desfile moda: Stylist

32.jpg
Obra de Mauricio Ianes e Herchcovitch na exposição Viés

Maurício Ianês é artista plástico, performer, pertence ao casting da hypada Galeria Vermelho mas, para o mundo da moda, ele é o stylist inseparável de Alexandre Herchcovitch. Na temporada de Inverno 2007, além do feminino e masculino de Herchcovitch, ele assina Cori, Wilson Ranieri, Cavalera e no Rio de Janeiro, Acquaestudio.

Aqui ele explica o ABC do stylist.

A. Conhecer a coleção
“Mesmo que não tenha a roupa pronta, é importante ver a pesquisa do estilista, a cartela de cores, os tecidos, o tema. Depois complemento com sugestões, tanto de imagens, quanto de peças e acessórios, que pela intuição, acho que serão necessárias para formatar uma edição para o desfile”.

B. Juntar lé-com-cré
“Momento que você começa a juntar as peças de roupa da coleção, conversa com o maquiador e cabelereiro, estuda a beleza do desfile junto com estilista. Vê se é preciso produzir acessórios, sapatos. O trabalho do stylist é ao mesmo tempo filtrar e acrescentar”.

C. Cenário e Trilha sonora
“Nem sempre o stylist participa desta etapa, mas gosto de acompanhar e opinar. É importante saber como vai ficar a edição final e ver se é preciso mudar algo”.

D. Casting
“Muitas vezes existe o Diretor de Casting, que escolhe os modelos, em outras, o estilista e stylist podem decidir. Nesta hora, vemos se existe a modelo que será a ‘cara’ da coleção. Neste caso, ela pode abrir ou fechar o desfile, ou ambas as coisas”.

E. Prova de roupa
“Ver qual o look fica melhor em cada modelo. É a hora que os looks que entrarão na passarela estão montados e editados”.

F. Ensaio
“No ensaio se afina a trilha, o andamento do desfile e principalmente a luz da passarela. Tem edições que pedem uma luz mais fria ou mais quente – mais ou menos dramática. Decide-se também a ordem da entrada de cada modelo”.

G. Desfile
“No backstage, monta-se as araras, com os looks que cada modelo vai usar. Tem uma ficha técnica com a descrição de cada uma das peças que compõem o visual, acompanhada de uma foto. Passo com as camareiras todas as peças, ordem de vestir, para que a troca de roupas seja eficiente. No dia do desfile, fico na fila de entrada dos modelos finalizando um por um e conferindo se está tudo certo”.

About these ads

2 Comentários

  1. AI, AMEI ESSA SÉRIE, TIPO BIBLIOGRAFIA INDISPENSÁVEL. NÃO SOU FÃ DE GRAÇA, TÁ VENDO? TEM MOTIVO SOBRANDO PRA VIR AQUI RASGAR SEDA (hahahahahahhahahahahahah!!!!!)!

  2. [...] costura para fora, por causa de uma nota que me passaram, vou falar não de um estilista, mas do stylist e artista plástico Maurício Ianês, que trafega muito bem entre as duas linguagens, sem nenhuma [...]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 43 outros seguidores