Instalação multimidia sobre moda é destaque da exposição no Sesc

Para relembrar os 40 anos do Maio de 68, o Sesc Pompéia abriga o evento “Vida Louca, Vida Intensa – Uma Viagem Pela Contracultura” com curadoria de Eduardo Beu, que conta com exposição cenográfica de 1300 m2, espetáculos de música, sessões de cinema e teatro sobre a contracultura, desde os beatniks até o movimento punk.

Um dos destaques da mostra é a instalação interativa do Dudu Tsuda intitulada “Vestir Contemporâneo – A grife da contracultura”. O projeto consiste de uma projeção de duas camadas. Na inferior, vídeos que remetem aos movimentos estudantis das décadas de 60 e 70. Sobre os vídeos, um ensaio fotográfico é projetado no momento em que o espectador entra neste espaço e interage com a instalação.

Eu ainda não fui na exposição, mas prometo contar mais detalhes mais pra frente. De qualquer modo dá para ir lá até o dia 22 de junho. Eu sempre adoro a forma como o Sesc apresenta seus eventos, acho que desta vez não vai ser diferente, afinal Jack Kerouac faz parte da minha formação, né?

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 41 outros seguidores