Saiba +: prédio de “Homens Trabalhando”

Na matéria que escrevi sobre a exposição Homens Trabalhando para o UOL, não couberam maiores informações sobre como é o projeto da Triptyque, que virou espaço expositivo durante a construção.

emobras.jpg
Entrada do canteiro expositivo de Homens Trabalhando (Foto: Fabio Tavares/UOL)

Para fazer esta matéria, passei uma tarde na montagem da exposição conversando com os arquitetos da Triptyque, formado pela brasileira Carolina Bueno e pelos franceses Greg Bousquet, e Guillaume Sibaud e Olivier Raffaelli, que não pode estar no dia da entrevista. Eles se conheceram na Escola de Arquitetura de Belas Artes de Paris, e se estabeleceram em São Paulo em 2001.

homens_trabalhando_f_0171.jpg
Maquete do projeto da Triptyque Arquitetos na Vila Madalena (Foto: Fabio Tavares/UOL)

O maior problema que eles tiveram com o futuro centro comercial são as águas da chuva que poderiam causar inundações no prédio. A solução para o problema foi um sistema que eles bolaram para captar, tratar e reutilizar a água.

harmonia1.jpg
Perspectiva 3D: frente do futuro conjunto comercial (imagem: Triptyque Arquitetos)

Uma série de tubulações aparentes que percorrem todo o exterior do prédio são conectados a esta estação de tratamento de água e lançam sprays d’água que darão origem a uma parede com vegetação.

harmonia0.jpg
Perspectiva 3D: lateral do futuro conjunto comercial (imagem: Triptyque Arquitetos)

Nós queríamos tornar a água um elemento amigável no projeto, o que deu origem a esta relação entre máquina e orgânico. Estas tubulações aparentes são como as entranhas que colocamos para fora, algo como uma arquitetura do avesso“, explicaram os arquitetos da Triptyque.

harmonia2.jpg
Perspectiva 3D: detalhe do futuro conjunto comercial (imagem: Triptyque Arquitetos)

Para viabilizar a parede verde os arquitetos conceberam um bloco feito com massa de cimento e minérios com buracos onde serão plantados os brotos de vegetação.

Antes nosso escritório ficava aqui na Vila Madalena, que é um bairro com uma vida social e cultural muito intensa. O projeto como um todo busca esta integração, tanto que na fachada um dos elementos principais é o túnel que liga a rua ao estacionamento do prédio, pensado como uma continuação do beco em frente“, finalizam os arquitetos.

3 Comentários

  1. qume é Olivier Raffaelli? se é da tryptique deveria estar no parágrafo anterior com a emenda tipo …que não pode estar lá.

    revisorzinho dus infernus

  2. Oliveros, não sei te interessa de fato, mas achei que sim. Um artigo na revista de pesquisa da Fapesp sobre O consumo de Luxo no Brasil http://revistapesquisa.fapesp.br/?art=3319&bd=1&pg=1

  3. […] Quem me mandou a feliz notícia foi a Carol Bueno, uma das criadoras do Triptyque, escritório de arquitetura aqui de São Paulo, em conjunto com os franceses Gregory Bousquet, Guilhaume Sibaud (que fotografei para matéria do Chic) e Olivier Raffaelli. Eu tive a felicidade de conhecê-los na época que estava fazendo uma matéria para o UOL sobre a exposição Homens Trabalhando. […]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s