Deu no NY TIMES: A “aula” imperdível de Suzy Menkes

Hummm! Repararam que hoje estou só no link? Sorry, é que estou bem enlouquecido fechando um editorial de moda complicado, aceitei outro hoje, que vai ser um desafio, tanto pela idéia, quanto pelo pouco tempo de execução, e mais um texto que estou terminando já-já. Além de ir para o Rio, para minha coluna da UOL. Ou seja, estou bem Maria, nhé? Adoro.

suzy.jpg
Abram alas que a Suzy vem aí! 

No NY Times tem (+) um texto (++) que exemplar de Suzy Menkes, A primeira-dama da França e a guerra dos sexos. Imperdível.

Ela usa como exemplo o estilo de Cécilia Sarkozy, adepta da Prada, para explicar como esta marca — e outras como Miu Miu, Marni e Chloé — tem uma “maliciosa sensualidade”, mas que não faz sucesso nenhum no mundo masculino hetero. Ou seja, ela discute um velho tema, que eu, Carol Vasone e o Vitor Angelo falamos: a famosa roupa que não pega na buati.

Claro, que a mestra vai além e declara: “A resposta fácil é que as mulheres independentes superaram esta idéia de se vestirem para agradar um homem. A individualidade é mais prezada do que a aprovação do parceiro”

A partir daí ela faz um pequeno passeio histórico, as usual, para ver como se dá este descompasso entre as preferências masculinas na hora de ver uma mulher vestida.

É genial.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s