PENSE MODA:: Lulu Kennedy mostra com quantos estilistas se faz um bom evento

lulu.jpg
Quem não quer uma fada madrinha como Lulu (xo) Kennedy??? (foto: Ricardo Oliveros)

Lulu Kennedy é o nome responsável pelo Fashion East, evento que direciona a carreira de jovens estilistas londrinos. O que chama atenção nesta mulher de 36 anos é sua beleza e atitude. Longe de ser mais um rosto bonito ligado a moda, desde de 2000 é a pessoa que reuniu várias pessoas importantes como editoras de moda, compradores e outros fashion’s experts para lançar novos nomes no mercado de moda.

Qual a diferença do Fashion East? De certa forma, lembra a Casa de Criadores e o extinto Amni Hot Spot. Porém, o tamanho faz a diferença. A cada temporada “somente” 3 estilistas desfilam. Ou seja, ela tem como se dedicar a cada um deles, porque não é somente o desfile que importa e sim toda a engrenagem que movimenta a moda.

Kennedy corre atrás dos patrocínios, organiza palestras para os jovens estilistas, vê a melhor forma de lançar a marca, coloca a roupa deles em editoriais, e viabiliza a comercialização das roupas. Não é a toa, que ela é chamada de “fada madrinha fashion”.

Como ela conseguiu esta estrutura? Lulu diz que não expert em moda, então quando teve a idéia de fazer o Fashion East, primeiro fez uma lista de gente que ela achava importante participar do projeto. Convidou e para supresa dela, as pessoas aceitaram.

Surpresa, porque se tratava de nomes como o de Sarah Mower, jornalista do Style.com, e que convida outros jornalistas para presenciar o evento; editoras da Vogue Inglesa, ID, Dazed&Confused. Conseguiu convencer os donos de uma antiga cervejaria, Old Truman Brewer, na região de Brick Lane, a se transformar num espaço dedicado a moda. Por fim, a rede de lojas TopShop, além de patrocinar o evento, tem um corner dedicado ao Fashion East.

Ela é exigente. Diz que seus desfiles tem 80% de sucesso, em termos de venda e ela quer os outros 20%. Porém, está feliz com a estabilidade dos patrocinadores do evento. Em nenhum momento, porém, abriu mão de algumas coisas: qualidade dos desfiles, um certo grau de maturidade dos estilistas para aguentar as pressões do mercado, de defender a integridade criativa de seus protegidos.

Com estes requisitos todos, Lulu Kennedy lançou nomes como Gareth Pugh, Marios Schwab (que assina o look que ela estava vestindo), e aposta no nome de Noki, que desfilou nesta útima temporada e trabalha com reciclagem de roupas. Maria Prata viu o desfile e confirmou seu talento numa conversa minutos antes de começar o Pense Moda.

No mais, Kennedy apresentou vários desfiles do Fashion East, e todo mundo ficou pensando como que esta experiência poderia ser implantada por aqui….


Lulu Kennedy fala do momento atual de Londres e diz que não tem interesse de ir para NY

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s