Casa de Criadores 2:: PAUSA PARA PENSAR

pausa.jpg
Eu ia fazer este post no último dia, mas resolvi adiantar um pouco as coisas. A Casa de Criadores está fazendo 10 anos de existência e muito já se falou sobre ser “o berço de vários estilistas de sucesso hoje”.

Sim, é a mais pura verdade. Neste 10 anos com certeza, a moda brasileira deu um salto. Semanas de Moda pipocaram Brasil a fora, a moda passou de frivolidade de alguns poucos para ser de fato um assunto sério, em termos culturais e mercadológicos. Escolas de moda foram criadas e uma nova geração foi sendo formada.

Hoje, temos várias marcas que contratam jovens estilistas para participarem de suas equipes de criação. Já temos gerações de moda. Dani Jensen foi assistente da Maria Cândida na Maria Bonita. Walter Rodrigues e Wilson Ranieri da Clo Orozco. Fábia Bercsek do Alexandre Herchcovitch.

É com este processo que podemos começar a pensar em construir nossa moda brasileira. É um trabalho de acumulo de saberes e fazeres. Infelizmente não dá para queimar etapas. Precisa tempo e amadurecimento.

A importância da cópia

Tanto se fala da cópia, de importar modelos, que nunca vamos ter uma moda brasileira se continuarmos assim… Vamos ter, não se preocupem, mesmo que seja de tanto copiar, chega uma hora, já que cópia nunca é igual ao original, vamos achar nosso caminho.

Os japoneses nunca tiveram problemas com cópias. Eles vão assimilando tudo, retrabalham e devolvem as coisas do jeito deles. Por mais que a gente copie, não adianta nosso corpo não é igual a de ninguém

O que é moda hoje no Brasil? É o que está nos Jardins? Nas revistas? Nas novelas? No Bom Retiro e Brás? O Brasil é muito maior do que tudo isso. Mas como qualquer adolescente, quer pertencer a um grupo, então começa a querer ser parecido com o grupo que ele se identifica. É normal.

Não temos 50 anos de história da moda. Não temos bibliografia de moda brasileira que dê para encher uma estante. Muita gente boa, inclusive Ronaldo Fraga, estudou fora. Calma minha gente. Um dia o adolescente cresce, muda os parâmetros e ele consegue caminhar com seus próprios passos e fazer suas escolhas de modo mais consciente. Assim, será com a nossa moda.

E o que isso tudo tem a ver com a Casa de Criadores?

Não é novidade que eu apóio a Casa de Criadores e não é de hoje. Já pertenci até a um grupo de gente bem bacana que trabalhou com o André em um período, entre eles, a incrível Karlla Girotto e a fotógrafa Claudia Guimarães.

Sempre repetimos isso, então para o André não é novidade nenhuma. A Lulu Kennedy esteve no Brasil no Pense Moda para falar de sua experiência no Fashion East. É uma plataforma de lançamentos de novos estilistas para o mercado, assim como a Casa de Criadores, se pretende.

Alguém pode falar, mas Londres, tem muito mais dinheiro, tam mais infraestrutura, etc etc etc. Sim, pode até ser verdade, mas com quantos estilistas ela trabalha por temporada? 3. Quando tem 3, segundo ela. Ela acha cruel lançar um jovem designer no mercado que não esteja pronto para ser absorvido por ele.

Quantidade nunca foi sinônimo que qualidade

É essa a questão. Não quero comentar se fulano é bom ou se não é. Não é nem o caso. Mas quem de fato, nestes 3 dias, 19 desfiles, vão fazer a diferença como Jum Nakao, Ronaldo Fraga fazem?

Penso que o foco da Casa de Criadores está fora de lugar. Do jeito que está, parece desfile de escola de samba do grupo de acesso. A função da Casa de Criadores é ser o berço de novos talentos de moda. Mas como pensa Lulu, novos talentos que estejam preparados para o mercado.

Desfile de formatura de formatura de escola de moda? Já temos este espaço. Desfile de marcas que tem infraestrutura e loja mas querem aparecer na mídia e dão uma garibada no styling para parecer “moderninha”, será que a gente precisa disso? Muitas marcas jovens ficaram órfãs com o fim do Amni Hot Spot. Muitas continuam por aí, empenhadas na sua existência e descobrindo novas formas de divulgar suas marcas.

Novas formas de divulgação e circulação da moda esse é o próximo passo. O que estou colocando aqui não é um problema da Casa de Criadores, mas do Fashion Rio e do SPFW também.

Voltando ao Fashion East, depois do desfile Lulu começa a batalhar para que as novas marcas estejam em editoriais de moda, que compradores se interessem em ter um corner do estilista, e por aí vai, tocando a engrenagem. É isso que a gente precisa, que a engrenagem funcione como um todo.

Espero que a Casa de Criadores seja de fato a melhor semana de moda jovem e não a maior.

Anúncios

9 Comentários

  1. Não estou nada decepcionada, muito pelo contrário. Adorei o texto e mais tarde quero comentar algumas coisas, agora não tem como.

    bjs

  2. […] do Fora de Moda, já adianta uma reflexão sobre a Casa de Criadores, mas que na verdade vale para todos as Semanas de Moda do […]

  3. Ótima análise. Concordo com muita coisa, principalmente com o lance do formato do evento. O Fashion East tem a fórmula certa. É só querer e saber fazer. Nesse caso, copiar é mais do que legal!

  4. Ah! E adorei a foto conceito com as nossas mãos…rs.

  5. tava fotografando nossos escritinhos, amor!! ele vai copiar tudo nas criticas depois!!!

  6. […] faz uma crítica pertinente ao evento e uma crítica amorosa a coleção de João […]

  7. […] o destaque do Inverno 2008 Eu me adiantei no balanço falando que a Casa de Criadores deveria rever seus conceitos para continuar a ter a importância e o lugar merecidos nestes últimos 10 […]

  8. […] ainda ouvindo a opinião do Luigi o tempo todo! No Fora de Moda tem o desfile do Ivan Aguilar e um momento-reflexão, e no Dus Infernus daqui a pouco tem opiniões  inteligentes em texto construído de um jeito […]

  9. Texto muito bom.

    Quanto à cópia, seja nas roupas, nas revistas, ou mesmo nos livros, a questão é que tudo é “lançado” como fresco, novo, como se as pessoas não tivessem acesso instantâneo ao material original. Que pelo menos sejam dados os devidos créditos, isso é o mínimo de respeito com criadores e autores.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s