A Bienal do Vazio começa a ser preenchida

Oi Artistas, curadores e polêmicos!

Enquanto as galerias estão fazendo suas malas para Arco 08, a coisa aqui não anda nada boa. Não sei se vocês estão acompanhando a polêmica sobre a próxima Bienal de São Paulo, que terá como curador-chefe Ivo Mesquita. Para resumir a história, a Fundação Bienal convocou uma série de curadores para apresentarem seus projetos e acabou dando um quiprocó daqueles e no final, para atiçar a brasa, o curador resolveu colocar em xeque o evento, com um andar inteiramente vazio, alegando que não daria tempo de fazer uma mostra nos moldes que o evento é pensado.

É uma discussão que nem sei vai chegar ao público de fato ou vai ficar restrito aquele meio, que de alguma forma ou de outra (ainda) pertenço. De qualquer forma, penso que vai ser bem interessante o que vai acontecer.

A Bienal de São Paulo já teve como seu modelo a de Veneza. Eu coloco o verbo no passado, porque na curadoria da Lisette Lagnado foram abolidas as representações nacionais, que a italiana conserva. Uma e outra tem como mote principal um curador que elege uma tese (tema) e convida artistas para exemplificar (debater?) o que ele pretende mostrar como um recorte do que está sendo feito em termos de arte contemporânea no mundo.

Certa ou errada, a Bienal leva um grande público, que geralmente não é muito afeito às artes plásticas para o parque do Ibirapuera. É um programa. Tem gente que gosta, gente que não. Obras que agradam, obras que não. É sempre a mesma coisa. Eu confesso que sou daqueles que pensa que o modelo está ultrapassado. Prefiro a Documenta de Kassel.

Hoje recebi a Carta da 28a. Bienal de São Paulo, que pretende ser um informativo sobre as ações da mostra. Nela já temos as primeiras informações, e o anuncio do primeiro time de artistas escolhidos:

pills18.jpg

Alexander Pilis (Rio de Janeiro, 1954)Alexander Pilis (Rio de Janeiro, 1954) vive e trabalha atualmente em Barcelona, onde leciona nas Universidades Politécnica de Catalunya e Pompeu Favra. Seus projetos tomam como ponto
de partida o conceito de “Architecture Parallax”, e desde 1984 trabalha com a fundação sem fins lucrativos Archimemoria, onde vem desenvolvendo colaborações e pesquisas entre arquitetura, ciência e arte. Já participou como artista convidado das XIX e 25ª Bienal de São Paulo.

gabriel.jpg

Construindo uma poética através de intervenções em objetos de uso cotidiano, Gabriel Sierra (San Juan Nepomuceno,
Colômbia, 1975) posiciona sua produção entre a arte e o design, repensando e transformando os diferentes usos destes objetos. Entre suas inúmeras criações, se destaca a série de móveis e estruturas expositivas criadas no ano de 2007, para armazenar e expor o arquivo permanente, e em constante expansão, da Casa del Encuentro, em Medellín, Colômbia, centro de arte criadocomo parte do projeto Encuentro Internacional de Medellín 07.

btimg_kunsthall1_224541a.jpg

Goldin + Senneby (Simon Goldin, Estocolmo, 1981 e Jakob Senneby, Estocolmo, 1971) trabalham colaborativamente desde 2004, e têm sua pesquisa focada na imaterialização da sociedade contemporânea e na virtualização do trabalho e da economia. Esta será a primeira vez que participarão da Bienal de São Paulo.

moralles.jpg

Peter Friedl (Oberneukirchen, Áustria, 1960) desenvolve projetos em espaços públicos e para locais específicos. Sua produção pode ser apresentada em vídeo, fotografias, desenhos, instalações e publicações, e entre os principais temas de seu trabalho, encontrase a representação da infância na sociedade contemporânea, como na série de fotos em desenvolvimento, Playgrounds, na qual o artista fotografa diversos espaços de lazer infantil em diferentes cidades do mundo, e apresenta as imagens captadas em formato de slide show.

vs_01.jpg

Valeska Soares (Belo Horizonte, Brasil, 1957) vive e trabalha em Nova York, EUA. Sua produção combina elementos do
minimalismo com o barroco, tomando como ponto de partida o universo pessoal da artista. Suas instalações exploram os
diferentes sentidos como a visão e o olfato, além da percepção do próprio corpo no espaço. Entre os materiais de uso recorrente nos seus trabalhos estão perfumes, cera, flores, espelhos e livros. Já participou como artista convidada das XXII e XXIV Bienal de São Paulo.

avaf.jpg

O coletivo de artistas assume vivid astro focus, ou a.v.a.f., liderado pelo brasileiro Eli Sudbrack (Rio de Janeiro, Brasil, 1968) radicado em Nova York, EUA, se apropria de elementos da cultura pop e da história da arte para desenvolver projetos site specifififi c e multimídias, coloridos e multi-sensoriais, envolvendo desenhos, projeções, música, instalações, papéis de parede, performances e construções. Todo o repertório visual do grupo deriva de uma estética afi rmativa do prazer e da celebração, convidando o espectador a tomar parte no espetáculo.

rn_09.jpg
Rivane Neuenschwander (Belo Horizonte, Brasil, 1967) vive e trabalha em Belo Horizonte, e participa de importantes mostras de arte no mundo todo. Foi artista convidada na Bienal de Veneza em 2003 e 2005, e expôs individualmente no Palais deTokyo em 2003. Seu trabalho revela as possíveis surpresas da vida cotidiana presentes em objetos triviais; não se restringindo a um material ou forma específi cos, abrangendo formigas e máquinas de escrever. Participou da XXIV Bienal de São Paulo.

A curadoria espera poder anunciar todos os artistas convidados, assim como a estrutura dos eventos da 28BSP até o final de fevereiro, na Carta da 28ª Bienal de São Paulo II.

Agora, vamos combinar que para uma Bienal do Vazio, ela já está ficando bem cheinha!

4 Comentários

  1. tem uns gaps incríveis no lay out novo do teu blog… notou?

  2. nada a dizer – só a observar…e aguardar

  3. sou contra os moldes da 28a. bienal

  4. realmente, só resta esperar para ver


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s