SCMC 6 :: Oceano apresenta coleção de surfwear irregular

Logo após as semanas de moda, fiquei impressionado com as coleções da Redley e da Osklen. O que elas têm em comum? Ambas eram marcas de surfwear e resolveram dar uma guinada fashion, cada uma com suas características, mas sem perder o lifestyle de suas origens. Ou seja, assim como a moda praia, o surf acabou tendo uma importância na moda não muito reconhecida ainda. Então, é sempre bem-vinda uma marca desta área aderir ao SCMC.

A coleção da Oceano foi desenvolvida pelos estudantes do Senai Jaraguá do Sul e foi muito irregular. Os melhores momentos aconteceram com o uso do neoprene, como nas jaquetas na versão alcochoada:

ocean1.jpgocean2.jpg

… ou nas versão com golas com volume:

ocen3.jpgocean4.jpg

A coleção desandou quando introduziu a organza cristal para lembrar o efeito de água, já que o tema era o fundo do mar. Até que seria ótimo ver uma linha mais sofisticada de surf, mas para chegar aí lá se vão anos de experiência, como já fez Maxime Perelmuter para o Verão 2006, com seus surfistas radioativos.

ocean5.jpgocean6.jpg

A coleção da Oceano foi desenvolvida por Cristiane L. dos Santos, Débora Gonçalves, Jennifer Garcia do Senai/Jaraguá do Sul

3 Comentários

  1. Que saudades dos desfiles… adorava criar e ver tudo se tornando realidade em cima da passarela…
    Muito interessante a ideia de mudar um estilo, sair das palmeiras e flores, recriar em cima de uma tendencia. Saindo da praia, indo tbm para a calçada. Tornando mais urbano sem deixar de ser surf.

  2. DENTRO DO PADRAO DE TRABALHO, DESDE TECIDOS , AVIAMENTOS ,MAQUINARIOS..FOI FEITO O POSSIVEL EO IMPOSSIVEL PARA MOSTRA AO PUBLICO OQUE A OCEANO PODE FAZER ALEM DO QUE SIMPLES CAMISETAS E BERMUDAS, OU NEOPREME…. COM OQUE FOI FORNECIDO (MATERIAIS)ASSIM COM O TEMA DEEP MUTATION TRANSMETIR OQUE A OCEANO TEM A MAIS PARA PRODUÇAO .E ASSIM NAO AGRADANDO ATODOS
    MASI CRITICAS E SEUGESTOES ESTAMOS AQUI..
    …….VALEU A PENA……………..

  3. Cara Cristiane
    Eu sei que críticas não são fáceis e muito menos agradáveis. No meu primeiro post sobre o evento escrevi:
    “Vale lembrar que cada uma das marcas que desfila no Santa Catarina Moda Contemporânea são desenvolvidas por alunos de moda, com coleções conceituais que valem mais como processo de aprendizado do que visando o produto. Isso não quer dizer que vou amenizar nas letras, afinal as críticas servem para sinalizar e o Diabo mora nos detalhes”.
    Em nenhum momento quero que sinta pessoalmente triste pelo que está escrito. Neste momento, sei o que mais contou é ter um trabalho realizado, o processo que vocês passaram. Mas quando um produto apresentado, sendo de estudantes ou não, vou ter a mesma seriedade de escrever, o mesmo comprometimento, se fosse Marc Jacobs.
    Entendo as dificuldades, sejam técnicas, sejam de material, seja que de ordem for. De qualquer forma, leia com carinho. O que pensei antes de tudo é propiciar o outro lado desta experiência, e que faz parte do mesmo processo que vc está vivendo.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s