Entrevista com Camila Cutolo (Maria Garcia)

Ontem (14) aconteceu o desfile de Inverno 08 da Maria Garcia no Shopping Iguatemi. Assim como a marca-mãe, Huis Clos, tem o mesmo cuidado com a escolha de tecidos, com o corte impecável, mas com uma cara mais jovem e melhor, mais acessível. Antes do desfile, deu tempo de conversar com a Camila Cutolo, diretora de criação da marca.

simone.jpg

Há seis anos ao lado de Clo Orozco, ela fala do seu começo: “Eu estudei Administração na PUC, mas não queria trabalhar na área. Peguei a mochila e fui para Europa. Me interessei por moda e fui fazer um curso de estamparia na Saint Martins, em Londres, e conheci muita gente de outras áreas. De volta ao Brasil, comecei a estagiar em algumas marcas e acabei por aqui. A Clo é uma mestra, ao mesmo tempo que brinco que é minha mãe. Com tudo o que a gente tem direito numa família, de vez em quando a gente até briga, mas tudo o que sei, devo a ela”.

batidores.jpg

Depois perguntei o que aproxima e diferencia as duas marcas: “Buscamos a mesma sofisticação e que seja mais acessível. Muitas vezes uma mãe vai comprar uma roupa para filha e acaba levando para si mesma. Digamos que é uma roupa de alma jovem”.

Sobre o processo de criação, perguntei se ela consultava algum birô de estilo e ela foi super transparente na resposta: “Aqui não tem WGSN. A Clo vai na Premiere Vision ver tecidos, pesquisar, assim como passamos por Londres e Paris e observar marcas que são referências na moda, que servem para entendermos como está a evolução da silhueta, do acabamento. Mas não fazemos cópias. Acho importante ver o que outros estão fazendo para que a gente consiga evoluir também”.

bast1.jpg

Lógico que a pergunta final é sobre a coleção: “A inspiração foi o filme The Royal Tenenbaums, especialmente a personagem Margot (interpretada por Gwyneth Paltrow ) e Richie (Luke Wilson). O bom da moda é isso. Nada é literal. Por exemplo, o lado esportista do Richard aparece nos punhos mais esportivos, assim como a Margot nos comprimentos dos vestidos um pouco acima do joelho. A estampa veio do quarto dela, naquele papel de parede de zebras. Então criamos padronagens étnicas”.

bast2.jpg

Aí tem aquela visita guiada que adoro fazer. Ela mostra os looks, comenta os detalhes, aponta os acabamentos. É sempre uma aula, e um momento que antecede aquilo que vamos ver na passarela, que ganha volume e movimento. Pergunto quem ela quer atingir com esta coleção:

bast3.jpg

“Nós criamos sonhos para quem tem tempo de procurá-los”.

3 Comentários

  1. […] Entrevista com Camila Cutolo (Maria Garcia) […]

  2. […] de Garcia (não sei se nessa ordem mesmo, mas tipo isso). E quem comando o estilo da marca é a Camila Cutolo, que trabalha junto com a Clô há 6 anos – então elas sabem muito do universo particular de uma e […]

  3. […] Sobre o processo de criação, perguntei se ela consultava algum birô de estilo e ela foi super tra… […]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s