Publipost? A polêmica está na rede

Eu li pela primeira vez sobre esta história de gente que quer pagar para ter um post em algum blog na Maria Prata. Ontem na Folha Informática deu na sua capa o assunto na matéria Você é a propaganda.

Tem até uma campanha lançada pelo blog de Papo de Homem pela transparência online, que visa identificar os posts que foram patrocinados.

artigopatrocinado.jpg

Eu sou procurado mais por assessorias que mandam seus materiais e eu decido se publico ou não. Tudo depende se tem a ver com o que penso, o que gosto, e digo, não ganho um centavo por isso. Por que quero continuar a escrever sobre as coisas com a maior independência possível.

Nunca pensei em ganhar dinheiro com este blog. Ele me trouxe trabalhos, contatos, não vou negar. Ganhei coisas que postei aqui, sim. E porquê? Porque simplesmente achei bom e poderia interessar a outros. Quando publicamos uma nota sobre um bazar legal, um estilista, uma marca, de alguma forma estamos fazendo propaganda? Sim, mas qual o nosso compromisso se não conosco mesmos?

Já tive problemas com posts por aqui, porque acabei criticando algo, mesmo estando diretamente envolvido. O que respondo? Que este é um espaço pessoal e tenho credibilidade. Para mim, isto basta. As pessoas que me pagam para cobrir  algum evento, já sabem que vou criticar, porque este sou eu. Se for bom, vou dizer, se não, vai ficar bem claro.

E se um dia eu vender algum post, todo mundo vai saber. Acho difícil, porque o que as agências querem é uma espontaneidade nisso, que eu não vou conseguir fingir.

O que você acha? Venderia um post?

Anúncios

7 Comentários

  1. biiiiiiiiiiii, leu a Folha hoje? Alcino Leite solta parte da bomba da IM que conversamos noutro dia. Alexandre nem tá com a coleção de inverno pronta porque não o pagaram até agora e a Cúmplice não fechou negócio com a IM. A seguir cenas dos próximos capítulos…

    Concordo com teu post de hoje, se eu ganhar algo pra falar de alguém eu aviso, tá?

  2. Meu, eu vendo até a alma nesse exato momento… olhe para o post do Ivi acima e vc vai entender na hora pq, rsrsrsrsrsrsr!!

    Beijos

  3. post não, comentário….

  4. Ricardo, muito bacana você levantar essa discussão por aqui.

    A polêmica tem ido longe, porque há maneiras e maneiras de se fazer o que hoje é chamado de post pago.

    Na PapodeHomem, não vendemos a opinião.

    Vendemos uma mídia cacarterizada pela produção de conteúdo contextualizado com a marca, e nada de maquiar verdades. Se o anunciante não nos agrada, não fazemos o serviço, simples assim.

    Aqui um exmeplo de post que teve excelente repercussão:

    http://papodehomem.com.br/max-haus-e-7-dicas-para-decorar-sua-casa-com-estilo/

    Gostaria de sua opinião sobre ele.

    Abraço

  5. Não vendo, nem alugo. Ninguém nunca quis comprar, mas se quiser… olha o dedinho… nananinanão!

  6. Muito bom, Mister Oliveros, acho que o blog e seu autor perdem toda a legitimidade, assim. Lia um blog (não é de moda, não, mas eleito pela comunidade como um dos melhores e mais conceituados)até há poucos meses, quando o cara começou a escrever “patrocinado” sobre filmes, livros e gadgets de informática: ficou tão fake que não leio mais! E tem também uma blogueira que começou a fazer isso com produtos de beleza – desodorantes e por fim aceitou posar na Playboy – logo se vê do que o povo é capaz de fazer por “amor”.

  7. Ricardo,acho que qdo a coisa é paga perde esse lado informal que é bacana da blogolandia…agora, ca entre nós,esse POVO que fica falando de bazar eu acho super uó. Jaba tem varias faces,não so do artigo pago,né ?
    Abraço, Stuart


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s