Bafo com a Revista JUNIOR e matéria sobre os blogues

Antes de mais nada, quero que saibam que eu gosto muito do Marcelo Cia da revista JUNIOR, mas teve um fato na última edição que me deixou bastante triste.

Ele me convidou para fazer uma matéria para revista e eu respondi que hoje em dia estava pensando em outro conceito em termos de jornalismo e que se desse para fazer do jeito que imaginaria eu topava. Para tanto eu precisaria de uma página dupla e que gostaria de ir editar a matéria. Tudo combinado. Tudo certo.

O que ando pensando seriamente é sobre o MASH UP. O termo começou a ser utilizado na música eletrônica, quando o hip hop começou a mixar músicas diferentes criando uma outra. Isso se difundiu de tal maneira, dando origem a diversas correntes como o electro, por exemplo.

Hoje, por causa da WEB 2.0, diversos sites na internet têm como objetivo de combinar informações de várias fontes num único endereço. De acordo com uma matéria da INFO ONLINE: “Uma das empresas que vêm evangelizando esse conceito é a IBM, que lançou em fevereiro o QEDWiki, sua solução para enterprise mashup. “É uma tecnologia de framework que utiliza serviços web e recursos wiki para ajudar a criar mashups que combinam serviços, ferramentas e informações externas em uma aplicação flexível e de baixo custo”, diz Rod Smith, vice-presidente da IBM para tecnologias emergentes“.

Eu me deparei com esta questão e achei que daria para aplicar em alguma matéria ou editorial de moda. O convite da JUNIOR veio bem a calhar para experimentar. Convidei vários blogueiros para posar para uma foto, que na verdade era uma cópia tosca da capa da Vogue que anunciava as próximas top models.

O que eu queria com isso? Com esta foto mostrar os THE NEXT TOP BLOGS. A escolha da foto e de uma revista de prestígio internacional era uma comparação sobre nossas ferramentas toscas de edição, mas que têm tomado uma importância sem para no mundo da informação.

Outras camadas de informação também estavam implícitas na atitude de copiar: a questão do DNA do jornalismo brasileiro e sua relação com a moda, a própria questão da cópia na moda brasileira, entre outras coisas.

Convidei vários blogueiros para foto, explicando o conceito. Aceitaram participar: Jorge Wakabara, Laura Artigas, Glauco Sabino, Sylvain Justum, Thais Mol, Ivi Brasil, Olivia Hanssen, Luigi Torres. Muita gente tinha compromisso no dia e não pode ir. O fotógrafo foi o Ricardo Keuchgerian.

Os blogues foram convidados para mostrar a diversidade que temos: desde quem usa como portifolio, para vendas, como opinião pessoal e por aí vai.

Depois de feita a foto, enviei um email para o Marcelo dizendo que queria editar a matéria, para que ficasse do jeito que imaginei. Depois de um período de silêncio, eis que a revista está nas bancas e tomei um susto com o resultado:

Ou seja, tudo o que eu não queria: texto com uma imagem ilustrativa. Não fez o menor sentido sobre o que eu estava pensando. Antes que receba uma pencas de comments dizendo que eu sou muito arrogante, explico a diferença.

Quando eu sou convidado para fazer uma matéria como jornalista, eu dou indicações de imagens, mas não sei o resultado, porque isso não é da ossada do jornalista. Quando eu recebo um convite para editar uma matéria, a coisa muda de figura. É a minha assinatura como editor que está em jogo. Percebem?

Eu sou péssimo de photoshop, mas fiz a versão mais próxima de como deveria ficar a matéria, para vocês entenderem a diferença, ok?

Imagine nas mãos de um editor de arte, como teria ficado?

Mandei um email para o Marcelo falando da minha tristeza. Assim como para todos os blogueiros que participaram me desculpando.

Queridos, era para ficar assim, tá??

SAIBA MAIS SOBRE OS BAFOS

TUDO RESOLVIDO

15 Comentários

  1. Gente, ficou incrível a sua versão!!! De verdade! Adorei! E sabe o que é pior! na Juniro ainda sai escrtio em cima: editor convidado…

  2. adorê! EU FIQUEI MAIS BONITO NESSA VERSÃO. hahahaha

  3. afinal, quem editou a página? vaidades fora, ficou bom.

  4. Arrogância não é a gente querer fazer um trabalho bem feito e bacana, arrogância é convidar e depois dar um truque e ainda coloca o seu nome lá. E a sua versão ficou realmente muito mais legal e tem muito mais a ver. bjs

  5. Querido, valeu anyway! Brigado! Bjo.

  6. Oliveros,querido. O que valeu foi a materia mostrar blogueiros bacanas da fashionlândia. Mesmo sua versão sendo beeeeeeeeeeeeeeeeeem melhor que a que foi impressa. Valeu. Ficou muito legal. E a ideia das camisetas foi tua? O maximo.
    Quebrou tudo de qualquer jeito,Oliveros.
    Abç, Stuart

  7. ricardo, parabéns!!! de verdade!! sou diretor de arte, e vc arrasou, tem razão total…essa JUNIOR… hummmmm, que preguiça!!na verdade tua colaboração , se eles tivessem feito do teu jeito, ia gritar no meio da BESTEIRA que é essa JUNIOR…o site deles é bem bacana, mas claro que falta maturidade pra editar o que seria a FIRSTGAY BRAZILIAN MAGAZINE…quem sabe o que faz tem que ter certa dose de arrogancia…abraço.edu

  8. Desculpe a franqueza direta, Ricardo.
    Mas vindo da Junior era de se esperar por isso!
    Não a compro mais, não é o tipo de leitura que quero.
    Não sou nenhum expert em jornalismo, mas o mínimo que a edição devia ser era educada com seus leitores e com os colaboradores.

    Mas quem perde não somos nós, são eles mesmo!
    Querem ser hypes? Mas será que sabem o real significado dessa palavra?

  9. Xunior é uma revista feia. E amadora. ‘Nuff said!

  10. olha, eu queria que vc remexesse no photoshop pra incluir a gente na sua versão – tem como? =)

  11. […] fez com o Vitor ângelo, que faz o Dus***Infernus, é imperdível. Mas também tá ótemo o post em que Oliveros explica como um editor pode imaginar uma coisa pra uma matéria e ver outra, bem diferente, quando a revista fica […]

  12. Realmente a sua versão é beemmmm melhor!!!

  13. arrasou no photoshop!
    realmente, a sua versão ficou mil vezes melhos =)
    bjks

  14. Quem publicou desse jeito e viu a sua versão aqui se arrependeu. Fato.

  15. hahahaha…adoreiiiiiiii

    sua versão é “much better!”

    bjs


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s