SPFW :: Não vi nem Gisele, nem Colcci

Babado alface é a novidade da Colcci (Alexandre Schneider/UOL)

Domingo frio. Os desfiles também não ajudaram muito. A Bienal lotada e a fila que se formava na sala da Colcci não era nada animadora. Preguiça. Quer saber? Fui embora. Afinal, qual seria a diferença dos últimos desfiles da marca?

Claro que longe da Bienal a curiosidade acabou mais forte. Vi a entrada a über model pelo GNT Fashion com uma roupa de chorar. Aí entrei na UOL e me deparei com o texto incrível da Carolina Vasone: Público se engana e compra Gisele por moda na Colcci.

Bom hoje é o último dia. Já comecei a fazer um balanção que estou pensando de forma diferente. Uma dos textos vai falar da diferença entre Identidade e Repetição, que foi um das discussões bem legais da temporada. O outro é sobre as duas visões para o a temporada quente, que a gente, no final das contas, só quer saber de uma camiseta nada, uma bermuda nada, um sungão e um par de chinelos… 

 

 

6 Comentários

  1. OLÁ…

    CONCORDO COM VC Q AS VEZES AS PESSOAS COMPRAM A ROUPA ATÉ MESMO PELA MARCA DO QUE PELO JEITO BEM FEITO QUE ELA FOI FEITA…ESTE É O CASO DA COLCCI QUE ONDE GISELE VENDE MAIS Q TUDO…

    ACHO TAMBÉM QUE AS COISAS ESTAM MAIS COMERCIAIS SIM…POIS A MARCA TEM Q VENDER…E DIGAMOS Q QUASE TUDO HJ DÁ PRA VENDER…

    UMA COISA QUE VI NOS DESFILES DA TEMPORADA BRASILEIRA PRINCIPALMENTE NO SPFW FOI AS PEÇAS Q LEMBRAVAM MUITO O INVERNO, SEI LÁ…A GENTE É MAIS SOSSEGADO NO VERÃO E NÃO PRECISA DE MUITA COISA MESMO COMO VC FALOU…

    SE DER PASSA LÁ NO MEU BLOG TB…ESTOU PREPARANDO UMAS COISAS BEM BACANAS PRA FALAR SOBRE SPFW…www.contextofashion.blogspot.com

    BJOS

  2. Ricardo, concordo com seus posts, não porque não faço parte do mundinho fashion, mas porque é muito bom ver um jornalista, um formador de opinião, que não se deixa levar pela (des)ilusão dos modismos.
    É isso mesmo, as pessoas acabam perdendo sua própria identidade ao vestir roupas que não combinam com seu estilo, danda a falsa sensação de “sou fashion”. Ao contrário disso, essas pessoas levam para casa uma marca apenas, sem se importar se outras mil mulheres tb terão aquela mesma roupa. Pra mim, isso é total falta de identidade, quando as pessoas irão perceber que atitude é assumir seu estilo?
    bjs e até!

  3. COMO E DE SEU CONHECIMENTO ME LIBERTEI DO MONDO FASHION A ANOS… E O ENGRAÇADO E QUE DEPOIS DE FICAR 3 ANOS SEM FOTOGRAFAR OS BACKSTAGES QUANDO DESCARREGUIE MINHAS FOTOS VI QUE ELAS SAO IGUAIS AS DE TEMPORADAS ATRAS… OU SEJA NADA MUDA REALMENTE, QUEM MUDA É AGENTE – EU ME LIBERTEI E CONFESSO QUE MUDEI PRA MELHOR – MEU PUBLICO É TESTEMUNHA!

  4. AMEI a indicação do texto da carol. melhor texto da colcci de toda a temporada.

  5. É, o povo está cansando (ou já cansou) de ver Gisele. Querem ver a moda da Colcci. Seria um (super) desafio para a marca na próxima edição não ter a über, e sim ter peças criativas, e ousadas.
    Quem nesse SPFW parece ter conquistado o público jovem foi a Triton!
    Concorda??

    Abs!

  6. Olá,

    Gostei da sua definição babado alface da coleção da Colcci, concordo com vc nos post do making off da revista masculina CQ, enquanto ela pousa semi, a Colcci inssiste em colocar as roupinhas comerciais, literalmente horríveissss naquele monumento de mulher.

    Enfim, é uma marca como disse, q apresenta coisas comerciais na passarela e cá entre nós, se ela desfila pela Colcci é pq a fofa ganha mto dinheiro, rs

    Beijos e parabéns pelo blog, primeira vez que passo por aqui…

    vou deixar meu link tb: thaismartinez.blogspot.com


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s