Cheap Monday quer desembarcar no Brasil

Esta semana, recebi um convite ótimo para ver a Invasão Sueca no Studio SP, em especial o Peter, Bjorn and John, banda que eu amo. O mais curioso é que o convite veio da Stina Barkow, diretora de marketing da Glocery, que cuida da marca Cheap Monday.

Por aqui, pouca gente deve conhecer a marca, porém em pouco tempo de existência, a marca de jeans e moda jovem vem ganhando mais e melhores fãs pelo mundo. A história toda começou de maneira muito informal em 2000, quando Örjan Anderson e Adam Freiberg abriram um brechó nos subúrbios de Estocolmo. Com o sucesso, abriram uma loja maior, na área central da cidade, a Weekday.

Todavia, Örjan sentia falta de um jeans mais barato e ainda assim com informação de moda. Ele criou então o “Tight”, um modelo sem lavagem, bem skinny feito com jeans stretch e conseguiu um bom preço. Foi um sucesso e 800 pares de calça foram vendidas em poucas semanas. Com seus amigos, Karl Grandin e Björn Atldax, foi criado o logo da caveira, que virou a marca registrada da Cheap Monday, que surgiu em 2005, com a meta de oferecer uma coleção completa de roupas, além do jeans.


Hoje, a marca está presente em 28 países e 1000 lojas e agora estão procurando parceiros para estabelecer a marca por aqui. Como estratégia, eles participaram da Invasão Sueca, evento que acontece há três anos no Brasil.

Aproveitei para fazer uma rápida entrevista com a Stina para saber mais sobre os projetos futuros da marca.

FM: Além sermos um dos maiores consumidores de jeans do mundo, quais as outras razões que trouxessem Cheap Monday para o Brasil?
Stina: Na Suécia, o Brasil é famoso por quatro coisas que amamos: pessoas bonitas, caipirinha, futebol e uma concentração muito grande de indies.

FM A primeira estratégia da marca para se tornar conhecida foi a participação na Invasão Sueca. Quais as etapas seguintes?

Stina: O Coquetel Molotov é um dos grandes festivais de música indie no mundo e a Invasão Sueca faz parte dele há três anos. A Cheap Monday tem uma ligação muito forte com a cena indie sueca, então foi uma maneira de trabalhar muito natural para nós. A etapa seguinte será encontrar parceiros para estabelecer por aqui. Nós estivemos na loja Bendito Fruto em Recife, que gostamos muito. Eles são suuuupercool e fazem um grande trabalho em promover a moda jovem brasileira.

FM: Além do cambio desfavorável entre o euro e o real, nossas taxas de importação são muito altas. Como vocês pretendem inserir a noção de “cheap” (barato) por aqui? Na Europa, vocês conseguem trabalhar com uma fórmula interessante: bons produtos+boa qualidade+informação de moda+preço acessível, como pensa que isso se dará no Brasil?
Stina: Os produtos da Cheap Monday são realmente baratos em Europa. Nossa meta é fazer produtos com nível muito elevado de moda a um preço justo, porém a nossa distribuição acontece em lojas premium, como a Barney’s e a Apartment em Berlim, por exemplo.

Os consumidores que compram nestas lojas estão mais interessados em looks extremamente interessantes do que em preços baixos. É um bônus se podemos oferecer este tipo de roupa com um preço acessível.

No Brasil, penso que conseguiremos oferecer um preço competitivo em relação aos valores cobrados pelas marcas do mesmo segmento. Nossa filosofia sobre o barato é porque pensamos que os jovens devem também investir seu dinheiro em cultura, como bons filmes, livros e música. Afinal, estamos falando mais do que moda e sim de comportamento.

1 Comentário

  1. Ai que Delíciaaaaaaa !!!
    Amooo a marca Cheap Monday pq tenho pouco quadril e elas vestem super bem.
    E o Blue Jeans é realmente Blue rs
    Queria trabalhar com eles…ia deixar o salário em calças hahahahahahahahah
    Bjs


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s