Vegas comemora 3 anos em grande estilo

Sábado fui no Vegas ver o live do Erobique (International Pony). O gordinho alemão arrasou, fez a gente se divertir penkas com uma apresentação para lá de incomum e com um som que a gente não está acostumado a ouvir por aí. Porém, no final ele deu um chilique, reclamou do som, quebrou um CDJ, uma pena. Quando ele estava mais calmo, acabei dando uma cutucada nele, dizendo que muitas vezes a vibe e ver as pessoas felizes eram muito mais importante que questões técnicas.

No meio da história toda, o mais-que-querido Facundo entregou o convite da Festa de 3 anos do Vegas, que promete entrar para história, mesmo porque o Vegas está acabando. Ainda não tem data a última noite do clube que fez história na Augusta, mas a festa está sendo chamada de V3, the last dance.

O convite é na linha brega chic e imita um daqueles de casamento em branco e dourado. A festa vai ser no Flex, antiga Broadway, onde no passado aconteceram as memoráveis festas de aniversário de 3 e de 5 anos do Lov.E, já saudoso clubinho do coração da Flavinha Ceccato.

O Facundo contou que vai abrir um bar, onde era um açougue. Várias pessoas foram convidadas a ceder um raio x que tenha feito no passado, que vai servir de decoração no bar. Mais detalhes ele não quer adiantar claro.

Anyway, comemorar 3 anos no auge, está ótimo. O line up é de primeira: Glass Candy, James Murphy & Pat Mahoney, Efdemin, Ewan Pearson, André Juliani, Luca Lauri, Magal, Camilo Rocha e Mau Mau. Você pode ver mais infos da festa no hot site da festa. Tipo save the date. Tipo muito imperdível.

Anúncios

Papo rápido:: Vegas+Sónar

Como sabem, lembrar o que aconteceu num final de semana não é tarefa das mais fáceis, mas entre os flashes das conversas algumas valem a pena lembrar.

No Vegas Club, o Facundo Guerra estava todo feliz na sexta com a pré-inauguração do novo sistema de iluminação e som da pista de baixo. “Ainda não está 100% pronto, mas dá para ter uma idéia do que vai ser”, foi o que ele disse assim que coloquei os pés no clube.


Vídeo tosquinho feito com camera de celular

O novo sistema é composto de um cem número de pequenos leds que através de um programa de computador podem gerar imagens e sequencias pré-programadas de iluminação. O projeto foi feito pelo coletivo argentino Resource, mais a consultoria do clube Cocoliche, ( o Adolf, DJ e dono do clube de Buenos Aires estava por lá) e do Bruno Guinle, da Moo.

Como toda pré-estréia, ainda não deu para saber como vai funcionar na real. Como cheguei tarde, todo mundo já estava esgotado de tanto trabalhar na instalação de toda a traquitana. Pelo que deu para perceber tem uma mistura muito legal de Hi&Lo. Os espelhos colocados em toda a volta da pista no alto do teto prolonga a visão da iluminação.

A escolha da posição dos espelhos foi bem acertada, porque eu sou daqueles que não curte espelho na pista. Tenho comigo que pista de dança tem um Q de escapismo e ver sua imagem refletida quebra este clima. Acho que quando se dosar bem as luzes pode dar muito certo. É que em algumas horas a luz fica muito invasiva, tem que achar o equilíbrio. O som ficou muito melhor e não está mais abafado. Deu para ouvir bem o set do Luca Lauri e do Renato Lopes.

Depois, perguntei sobre o Sónar para o Daniel Cozta e ele confirmou que o festival foi adiado para maio do ano que vem. Quem ganhou foi o Vegas, porque as atrações internacionais que estavam confirmadas para o evento, acabaram migrando para a festa de aniversário de 3 anos do clube. O killer line up vai ter Glass Candy, James Murphy & Pat Mahoney, Efdemin, Ewan Pearson, Pantha Du Prince. Imperdível.

Save the date: 03 de outubro 3 anos Vegas na Flex, ali na Barra Funda.

P.S. Só não deu para perguntar sobre o novo projeto do Facundo, afinal estava lá para me divertir, não é mesmo?

  • Agenda

    • agosto 2018
      S T Q Q S S D
      « jan    
       12345
      6789101112
      13141516171819
      20212223242526
      2728293031  
  • Pesquisar